Equalizadores São Gonçalo, Rio de Janeiro

Esta página disponibiliza matérias interessantes sobre equalizadores e uma lista de empresas e profissionais liberais na cidade de São Gonçalo. Encontre abaixo empresas e profissionais liberais da região de São Gonçalo que oferecem diversos produtos e serviços e ainda esclareça suas dúvidas sobre equalizadores.

JG Eletrônica e Informática do Vila Lage Ltda
(21) 3246-1049
r Alberto Torres,Dr, 1165, Sl 209, Neves
São Gonçalo, Rio de Janeiro

Dados Divulgados por
Eletrônica Liga Som Ltda
(21) 2701-0665
av José Manna Júnior, 411, Trindade
São Gonçalo, Rio de Janeiro

Dados Divulgados por
Eletrônica TV, Som e Vídio Carlos A. Monteiro
(21) 3245-5173
r Salvatori, 1376, Colubande
São Gonçalo, Rio de Janeiro

Dados Divulgados por
J Rossan Eletrônica e Telefonia
(21) 2604-4721
r Jaime Figueiredo, 4, Camarão
São Gonçalo, Rio de Janeiro

Dados Divulgados por
Malugatel
(21) 2604-6855
r Ari Parreiras,Comdt, 332, Porto Velho
São Gonçalo, Rio de Janeiro

Dados Divulgados por
FEPRAT - Ferramentas Práticas Ltda
(21) 3706-3823
r Jovelino Oliveira Viana, 260, Tr Lj 1, Alcantara
São Gonçalo, Rio de Janeiro

Dados Divulgados por
CA Rocha Eletrônica Ltda
(21) 2701-4126
r Nilo Peçanha,Dr, 1045, Tr Lj A, Centro
São Gonçalo, Rio de Janeiro

Dados Divulgados por
Fermarsom Eletrônica Ltda
(21) 2628-2857
r Pio Borges,Dr, 2805, Lj 1A, Sete Pontes
São Gonçalo, Rio de Janeiro

Dados Divulgados por
Mensch Produtos Eletrônicos Ltda
(21) 2628-4488
tr Bandeirante, 74, Porto Velho
São Gonçalo, Rio de Janeiro

Dados Divulgados por
Televideo Eletrônica
(21) 2601-1534
r Manoel João Gonçalves, 368, Alcantara
São Gonçalo, Rio de Janeiro

Dados Divulgados por
Dados Divulgados por

Sobre equalizadores

Bom, todo mundo que gosta de gravar seus trabalhos em casa já deve ter brincado com um equalizador. Todos os DAW que eu conheço possuem pelo menos um. O que eu mais utilizo é o Adobe Audition, que possui diversos tipos de equalizadores. Gráficos, paramétricos, de 10, 20 e 31 bandas… É uma infinidade de possibilidades.

O Equalizador é uma ferramenta muito interessante. Além de corrigir deficiências do ambiente em que o audio foi gravado, pode-se utilizá-lo para criar efeitos como voz de telefone, som de rádio de pilha, som abafado por um travesseiro, enfim…

O legal desta ferramenta no Adobe Audition e (acredito eu) na maior parte dos outros DAW, é que vc pode brincar com ele enquanto deixa um audio tocando em Loop.

Bom, meu intuito com este post é mostrar alguns exemplos utilizando equalizador, mostrando a atuação dele em algumas frequencias. Vou utilizar como base o texto do site “Som Ao Vivo” ( SomAoVivo.mus.br – Equalizadores ).

::Frequencias::

Tomando como base de estudos o texto do site citado acima, vamos analisar os efeitos de regiões de frequencias na voz. O microfone utilizado foi o MXL 990. O equalizador que utilizei é o gráfico de 31 bandas do Adobe Audition (no “Efects Rack“, é o “Filters and Eq > Graphic Equalizer“). Nas frequencias utilizadas nos exemplos eu dei um boost de algo em torno de 12 dB. O audio original é esse abaixo:

Audio Original

Vamos então analizar os grupos de frequencia:

  • Frequencias graves profundos e subgraves – de <31 Hz à 63 Hz.

São frequencias perigosíssimas! Somente falantes especiais p/ reprodução de graves conseguem reproduzir frequencias até 40 Hz, sem correr o risco de estourar. É o campo de frequencias fundamentais de instrumentos graves, como o bumbo da batera e o contrabaixo. O excesso dessas frequencias embola o som, tira a definição e a clareza da música. A frequencia de 63 Hz é a mesma da energia elétrica. Reduzir essa frequencia pode acabar com aquele “Hum” proveniente de ligação elétrica. Nessa faixa de frequencia quase não acontece mudança na voz. Poucas caixas e fones conseguem reproduzir essas frequencias.
Exemplo 1:

  • Frequencias graves – de 80 Hz à 125 Hz.

Responsável pela sensação de poder na voz masculina. Som pesado, gordo. São frequencias fundamentais de alguns tambores e tipos de percussão. Em excesso, produzem um excessivo “bum” no audio. A frequencia de 250 Hz também diminui o “hum” da frequencia elétrica, por ser sua primeira harmônica.
Exemplo 2:

  • Frequencias médio-graves – de 160 Hz à 250 Hz.

São as frequencias fundamentais do surdo e dos toms da bateria e da voz. Destaco aqui esse texto por que são a base do tema desse blog, que é gravação caseira de bateria, e também o que procuram bastante que é gravar voz. Também em excesso produz um excessivo “bum” no audio. Em ...

Clique aqui para ler este artigo em Gravando em Casa