Direct Boxes Betim, Minas Gerais

Esta página disponibiliza matérias interessantes sobre Direct Boxes e uma lista de empresas e profissionais liberais na cidade de Betim. Encontre abaixo empresas e profissionais liberais da região de Betim que oferecem diversos produtos e serviços e ainda esclareça suas dúvidas sobre Direct Boxes.

Uni Eletrica Ltda
(31) 3333-2080
av David Sarnoff,Gal, 4300, Cs 2, Cid Industrial
Contagem, Minas Gerais

Dados Divulgados por
Carvalho Segurança Eletrônica
(31) 3041-3237
r Carlos Chagas, 126, Sl 1, Industrial
Contagem, Minas Gerais

Dados Divulgados por
Acquajet Maquinas e Servicos Ltda
(31) 3391-7631
av João César de Oliveira, 4125, Lj 3, Sta Cruz Indl
Contagem, Minas Gerais

Dados Divulgados por
Triell - Trilhos Eletronicos Limitada
(31) 3357-7586
r AA, 388, Cj Água Branca
Contagem, Minas Gerais

Dados Divulgados por
Gpm Comercio Calibracao e Reparos de Instrumentos de Medicao Ltda Me
(31) 3911-5656
r Manoel Alves, 57, Ap 201, Centro
Contagem, Minas Gerais

Dados Divulgados por
Usigom Torneamentos Limitada
(31) 3398-7646
av Anibal de Macedo, 58, Arcádia
Contagem, Minas Gerais

Dados Divulgados por
Thomson Tube Components Belo Horizonte Ltda
(31) 2191-7577
av David Sarnoff,Gal, 3415, Cid Industrial
Contagem, Minas Gerais

Dados Divulgados por
E.f. de Oliveira - Servicos - Me
(31) 3385-1170
r Ouro Preto,Visc, 273, Jd Industrial
Contagem, Minas Gerais

Dados Divulgados por
Eletronica Irmaos Ribeiro Ltda
(31) 3351-1015
av João César de Oliveira, 3034, Eldorado
Contagem, Minas Gerais

Dados Divulgados por
Mitron Manutenção e Instrumentação Industrial Ltda
(31) 3351-5633
r Rio Paraopeba, 541, B, Riacho das Pedras
Contagem, Minas Gerais

Dados Divulgados por
Dados Divulgados por

Direct Boxes e Apresentação – Airton Silva

Alguns direct boxes - saiba um pouco mais sobre eles

( clique aqui e veja uma matéria especial sobre Direct Boxes aqui no Gravando em Casa!)

Olá,

Este é o meu primeiro artigo escrito aqui no “Gravando Em Casa”, o primeiro de muitos, eu diria!

Pra começar, vou falar um pouco da minha pequena experiência. Sou baterista de uma banda chamada The Knutz e nos últimos anos tenho pesquisado e lido vários livros sobre som ao vivo. Apesar de escrever para um site sobre gravação, a minha paixão é o som ao vivo, por isso tenho uma Yamaha LS9 . Ela é ideal para Live Sound, embora eu a use mais em casa como uma mesa de estúdio. Atualmente tenho feito algumas gravações de ensaios da minha banda e mixado shows ao vivo, infelizmente sem a minha LS9. Mas a oportunidade virá!

Logo, não se espantem se os assuntos abordados nos meus artigos não sejam comuns em estúdio. Mas no meu primeiro procurei um assunto comum aos dois mundos e que muitas pessoas ignoram: Direct Box.

O que é Direct Box?

Direct Boxes são pequenos aparelhos que convertem o sinal desbalanceado em balanceado, além de corrigir a impedância.

Por que são importantes?

Porque não se deve conectar um sinal de alta impedância, como uma guitarra, um baixo e outros em uma entrada XLR de baixa impedância. Isso irá sobrecarregar o sistema e pode levar à queima do canal.

Outro motivo para usar um Direct Box (ou Direct input, DI, como é mais conhecido) é que sempre devemos preferir o sinal balanceado ao não balanceado. Claro que é de essencial usar cabos balanceados.

Todo cabo tem propensão a sofrer interferências, mas em um cabo balanceado essa propensão é quase nula e em um cabo não balanceado ela é muito provável. Isso é causado pelo modo de construção dos cabos. Basicamente um cabo balanceado recebe o sinal e inverte a fase deste sinal no início, revertendo a fase novamente no final. Assim o sinal chega em fase no destino, enquanto que a interferência que chega no caminho só tem a fase invertida uma vez, chegando fora de fase no destino e é anulada.

Quais os tipos de Direct Box?

Existem os DIs passivos e ativos. Os primeiros não precisam de alimentação, enquanto que os segundos necessitam de uma fonte ou geralmente de uma bateria 9v.

Os primeiros DIs surgiram no final dos anos 50, criados para ligar os contra-baixos às mesas de som, já que os amplificadores não eram tão bons. Eram passivos, e funcionaram muito bem até a chegada de uma banda que mudou o mundo da sonorização, fazendo shows em estádios gigantescos e precisando de um som compatível, essa banda chamava-se The Beatles.

Os Beatles precisavam de um grande volume em seus shows. O contra-baixo era o problema. Os amplificadores eram fracos e geravam ruído, além da falta de microfones específicos para captar com sucesso os graves do instrumento. A solução foi amplificar na fonte, ou seja, colocou-se um pequeno amplificador em um DI, adicionou-se força e pronto! Estava criado o primeiro Direct Box ativo.

Após um breve histórico, posso dizer os objetivos de cada ...

Clique aqui para ler este artigo em Gravando em Casa